Sistema eleitoral proporcional: Melhor solução para Portugal?

Portugal, apesar de ser uma democracia jovem, possui um sistema que funciona, tanto ao nível da proporcionalidade como da governabilidade. Portanto, os arranjos institucionais que poderão ser melhorados devem incidir acima de tudo na questão da representatividade.

Com 44 anos de vida, a democracia portuguesa está doente

Penso que a nossa democracia está doente, e urge encontrar uma cura para este problema. Para isso, vou analisar os sintomas desta doença, bem como a causa e possíveis curas que podemos encontrar no meio da adversidade. Vamos então a isto.

Guerra Civil Síria: Uma luta sem fim

No dia 7 deste mês, o regime sírio terá atacado o povo de Douma com recurso a armas químicas. Todos nós vimos as notícias e os vários vídeos de crianças em sofrimento. Ninguém fica impávido e sereno vendo uma coisa desse género.

Federalismo na minha Europa?

Como a europeísta entusiasta que sou, qualquer coisa que implique uma aproximação dos países europeus, seja a nível político, económico ou social, agrada-me imenso. No entanto, em vez de me alegrar, o tweet do sr. Schulz entristeceu-me porque o projeto europeu não deveria ser uma imposição desta natureza.

A Rússia de Vladimir Putin

Quando questionado sobre “Quem é, para ti, um líder?” numa das fases de recrutamento de novos membros desta organização, um dos candidatos deu uma resposta que me surpreendeu pessoalmente, respondeu: “Putin”. Quero, desde já, deixar claro que qualquer julgamento à resposta “Putin” é completamente inútil e contraproducente para a discussão que aqui pretendo criar.

Desemprego médico: um paradigma atual

Existem 2 visões distintas na sociedade acerca da quantidade de médicos. Uma afirma que existe excesso, enquanto que a outra aponta para o défice. Ambas estão certas, sendo verdade para 2 universos diferentes. Passo a explicar:

Portugal, Bolsonaro e Espelhos

Há uns meses, parti o espelho do meu quarto. Ao fechar a porta do armário com um pouco mais de força, o espelho partiu-se. Entretanto, não comprei outro – falta de tempo, de dinheiro, de vontade… – e, portanto, a minha manhã é um pouco mais complicada por ter de ir usar o espelho da casa de banho para ver se estou apresentável para o dia.

Brasil e o caos da mobilidade

Nesta semana que se conclui o Brasil passou várias dificuldades e transtornos que basicamente foram gerados pela paralisação da “simples” classe dos motoristas. Devido ao aumento exacerbado dos combustíveis nas últimas semanas que antecederam o mês de maio, causado principalmente pela subida do barril de petróleo e consequentemente da subida do dólar frente ao real (moeda brasileira).

Sistema eleitoral proporcional: Melhor solução para Portugal?

Portugal, apesar de ser uma democracia jovem, possui um sistema que funciona, tanto ao nível da proporcionalidade como da governabilidade. Portanto, os arranjos institucionais que poderão ser melhorados devem incidir acima de tudo na questão da representatividade.

Com 44 anos de vida, a democracia portuguesa está doente

Penso que a nossa democracia está doente, e urge encontrar uma cura para este problema. Para isso, vou analisar os sintomas desta doença, bem como a causa e possíveis curas que podemos encontrar no meio da adversidade. Vamos então a isto.

Guerra Civil Síria: Uma luta sem fim

No dia 7 deste mês, o regime sírio terá atacado o povo de Douma com recurso a armas químicas. Todos nós vimos as notícias e os vários vídeos de crianças em sofrimento. Ninguém fica impávido e sereno vendo uma coisa desse género.

Federalismo na minha Europa?

Como a europeísta entusiasta que sou, qualquer coisa que implique uma aproximação dos países europeus, seja a nível político, económico ou social, agrada-me imenso. No entanto, em vez de me alegrar, o tweet do sr. Schulz entristeceu-me porque o projeto europeu não deveria ser uma imposição desta natureza.

A Rússia de Vladimir Putin

Quando questionado sobre “Quem é, para ti, um líder?” numa das fases de recrutamento de novos membros desta organização, um dos candidatos deu uma resposta que me surpreendeu pessoalmente, respondeu: “Putin”. Quero, desde já, deixar claro que qualquer julgamento à resposta “Putin” é completamente inútil e contraproducente para a discussão que aqui pretendo criar.

Desemprego médico: um paradigma atual

Existem 2 visões distintas na sociedade acerca da quantidade de médicos. Uma afirma que existe excesso, enquanto que a outra aponta para o défice. Ambas estão certas, sendo verdade para 2 universos diferentes. Passo a explicar:

Portugal, Bolsonaro e Espelhos

Há uns meses, parti o espelho do meu quarto. Ao fechar a porta do armário com um pouco mais de força, o espelho partiu-se. Entretanto, não comprei outro – falta de tempo, de dinheiro, de vontade… – e, portanto, a minha manhã é um pouco mais complicada por ter de ir usar o espelho da casa de banho para ver se estou apresentável para o dia.

Brasil e o caos da mobilidade

Nesta semana que se conclui o Brasil passou várias dificuldades e transtornos que basicamente foram gerados pela paralisação da “simples” classe dos motoristas. Devido ao aumento exacerbado dos combustíveis nas últimas semanas que antecederam o mês de maio, causado principalmente pela subida do barril de petróleo e consequentemente da subida do dólar frente ao real (moeda brasileira).

Sistema eleitoral proporcional: Melhor solução para Portugal?

Portugal, apesar de ser uma democracia jovem, possui um sistema que funciona, tanto ao nível da proporcionalidade como da governabilidade. Portanto, os arranjos institucionais que poderão ser melhorados devem incidir acima de tudo na questão da representatividade.

Com 44 anos de vida, a democracia portuguesa está doente

Penso que a nossa democracia está doente, e urge encontrar uma cura para este problema. Para isso, vou analisar os sintomas desta doença, bem como a causa e possíveis curas que podemos encontrar no meio da adversidade. Vamos então a isto.

Guerra Civil Síria: Uma luta sem fim

No dia 7 deste mês, o regime sírio terá atacado o povo de Douma com recurso a armas químicas. Todos nós vimos as notícias e os vários vídeos de crianças em sofrimento. Ninguém fica impávido e sereno vendo uma coisa desse género.

Federalismo na minha Europa?

Como a europeísta entusiasta que sou, qualquer coisa que implique uma aproximação dos países europeus, seja a nível político, económico ou social, agrada-me imenso. No entanto, em vez de me alegrar, o tweet do sr. Schulz entristeceu-me porque o projeto europeu não deveria ser uma imposição desta natureza.

A Rússia de Vladimir Putin

Quando questionado sobre “Quem é, para ti, um líder?” numa das fases de recrutamento de novos membros desta organização, um dos candidatos deu uma resposta que me surpreendeu pessoalmente, respondeu: “Putin”. Quero, desde já, deixar claro que qualquer julgamento à resposta “Putin” é completamente inútil e contraproducente para a discussão que aqui pretendo criar.

Desemprego médico: um paradigma atual

Existem 2 visões distintas na sociedade acerca da quantidade de médicos. Uma afirma que existe excesso, enquanto que a outra aponta para o défice. Ambas estão certas, sendo verdade para 2 universos diferentes. Passo a explicar: